CELEBRANDO A MISSÃO HISTÓRICA DE JOHN GLENN

NASA comemora feito histórico alcançado há 58 anos pelo terceiro americano que foi ao espaço

Por Pedro Fontoura 21/02/2020 - 11:49 hs
Foto: NASA
CELEBRANDO A MISSÃO HISTÓRICA DE JOHN GLENN
John Glenn cumpriu a missão com sucesso

NASA

Em 20 de fevereiro de 1962, a NASA lançou um dos vôos mais importantes da história americana. A missão? Envie um homem para orbitar a Terra, observe suas reações e devolva-o para casa em segurança. O piloto deste vôo histórico, John Glenn, tornou-se um herói nacional e um símbolo da ambição americana.

A instalação de inércia para testes espaciais de eixos múltiplos da NASA, ou Gimbal Rig, foi uma das muitas instalações em que Glenn treinou para suas missões.

Após três anos de treinamento, Glenn disparou para o espaço a bordo da cápsula Mercury Friendship 7. Ele se tornou o terceiro americano no espaço e o primeiro a orbitar a Terra. O vôo histórico não foi tarefa fácil. No final de sua primeira órbita, um jato de atitude de guinada entupiu, forçando Glenn a abandonar o sistema de controle automático e usar o sistema elétrico manual fly-by-wire.

Em 4 horas e 56 minutos, John Glenn circulou o globo três vezes, atingindo velocidades de mais de 27 mil quilômetros por hora. A missão bem-sucedida foi concluída com uma queda e recuperação no Oceano Atlântico, 800 milhas a sudeste das Bermudas.

John Glenn instantaneamente se tornou um herói. O Presidente John Kennedy concedeu a ele a Medalha de Honra do Congresso Espacial. Escolas e ruas em todo o país foram nomeadas em homenagem a ele. E um desfile em Nova York celebrou sua missão.

Crédito de imagem: NASA