EM 30 DIAS, OPERAÇÕES POLICIAIS NA COSTA OESTE RESULTAM EM MAIS DE DUAS TONELADAS DE DROGAS E 74 VEÍCULOS RECUPERADOS

Com o início do verão, as unidades subordinadas ao 5º Comando Regional da PM (5º CRPM), reforçaram as atividades preventivas

Por Pedro Fontoura 07/02/2020 - 10:01 hs
Foto: PMPR
EM 30 DIAS, OPERAÇÕES POLICIAIS NA COSTA OESTE RESULTAM EM MAIS DE DUAS TONELADAS DE DROGAS E 74 VEÍCULOS RECUPERADOS
Bpfron e Bope juntos na repressão

Por: Márcia Santos

Jornalista Responsável- PMPR

 

As ações da Polícia Militar na Costa Oeste com a Operação Barreira resultaram em 620 prisões, mais de duas toneladas de drogas apreendidas e 74 veículos com alerta de furto ou roubo recuperados. O balanço de 39 dias (de 20 de dezembro até 21 de janeiro) é do 5º Comando Regional da PM (5º CRPM), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), responsáveis pelo policiamento preventivo pela região Oeste.


A PM se integrou a outras forças de segurança de âmbito estadual e federal para formar uma força-tarefa contra o crime organizado e o narcotráfico na faixa de fronteira, para proteger o Paraná da entrada de foragidos da justiça. A Operação Barreira é desencadeada pelas unidades que compõem o 5º Comando Regional da PM – 14º Batalhão, em Foz do Iguaçu; 19º Batalhão, em Toledo; 6º Batalhão, em Cascavel; 3º Batalhão, em Pato Branco, e 21º Batalhão, em Francisco Beltrão, com patrulhamento e ações de inteligência.

“O trabalho que nossos batalhões de área e os especializados estão desenvolvendo no local, todos coordenados pelo 5º Comando Regional, estão trazendo excelentes resultados na região, que é uma área importante e sensível do Paraná. Levantamos os pontos suscetíveis e eles foram bastante reforçados por nossas equipes por terra, ar e água”, destacou o Subcomandante-Geral da PM, coronel Coronel Antônio Carlos de Morais. “Nosso trabalho tem sido árduo, bem planejado e estratégico na região, e também contamos com uma importante integração com outros órgãos, pois o crime tenta se desviar por todos os lados e, juntos, combatemos”, complementou.


Com o trabalho intenso das equipes policiais desde os grandes centros comerciais e residenciais, até os rios, lagos e portos clandestinos, as abordagens e atendimentos de ocorrências resultaram em 85 armas de fogo apreendidas, 604 presos e 70 veículos recuperados. Contra o tráfico de drogas, o golpe da Polícia Militar com ações estratégicas resultou em 2,3 toneladas de drogas apreendidas.

O Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), e o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), unidades com equipes treinadas para missões especiais de combate ao crime organizado, integram os trabalhos como recobrimento de policiamento, responsáveis em desencadear ações para desarticular as organizações e enfrentamento à forças criminosas que procuram utilizar rotas da fronteira para distribuir drogas, armas e outros ilícitos. Com a aplicação do Corpo de Operações e Busca de Repressão Aquática (COBRA) do BPFron, as operações aquáticas tem sido reforçadas. “Temos trabalhado de forma integrada e buscando aprimorar cada vez mais nossas ações, de forma que os policiais militares adquirem mais conhecimento e habilidades”, disse.

Somente com o trabalho dessas duas unidades da PM entre os dias 18 e 27 de janeiro, foram cumpridos mandados de prisão em aberto, e feitas 16 prisões, 2.085 abordagens, apreendidos 13 veículos e retirados de circulação 291.475 quilos de maconha. Os resultados são de operações desencadeadas principalmente na faixa de fronteira, nas blitz de trânsito, abordagens preventivas e operações com motos, viaturas e embarcações nos rios e lagos.

VERÃO – A missão de reforço de atividades ostensivas é concomitante com o Verão Maior 2019/2020, em andamento desde o dia 21 de dezembro, nos municípios com prainhas de água doce, em que as unidades de área já aplicam o policiamento para atender veranistas e moradores locais nos pontos turísticos, rios e outras regiões que recebem maior público durante o verão.

Com o início do verão, as unidades subordinadas ao 5º Comando Regional da PM (5º CRPM), reforçaram as atividades preventivas e impulsionaram operações em pontos específicos para combater a criminalidade no geral e também o narcotráfico na região de fronteira.