JOVEM ELIMINADO NA FAVELA DO QUEIJO

Um motoqueiro teria deixado o local em alta velocidade, segundo testemunhas.

Por Pedro Fontoura 07/12/2019 - 13:25 hs
Foto: Enrique Alliana
JOVEM ELIMINADO NA FAVELA DO QUEIJO
Tiros de 9 mm tiraram a vida do rapaz no Porto Meira

SOB O DOMÍNIO DO MÊDO

Portal: Todo Dia Notícias

Durante esta semana, iniciada no domingo, dia 1º de dezembro de 2019, assistimos uma verdadeira mortandade em Foz do Iguaçu, foram oito homicídios até a meia-noite de sexta-feira, dia 6.

Não foram escolhidos bairros específicos e nem o perfil das vítimas, uma vez que, até uma professora aposentada foi morta e segundo foi divulgado, por questão de dívida com o tráfico, provavelmente do filho, que seria usuário e morreu ao lado da mãe.

As pessoas de bem estão assustadas, essa matança indiscriminada depõe contra a cidade e afasta turistas, naquela que é a principal atividade e a base da economia de Foz do Iguaçu, que é o turismo, seja de lazer ou de compras.

 

Fonte: Tribuna Popular

 

Na madrugada de hoje, sábado 07 de dezembro de 2019, por volta da meia noite, socorristas do Siate de Foz do Iguaçu, equipe de serviço no Posto do Bairro Maracanã, foram acionados para se deslocarem até o final da Rua Cará, nas proximidades da "Favela do Queijo", no Bairro Profilurb I, no Porto Meira, para darem atendimento a uma vítima de ferimento por arma de fogo.

No local foi constatado o óbito da vítima, sendo acionado apoio de policiais militares do 14º para o isolamento do local até a chegada da Policia Civil, Delegacia de Homicídios, Policia Cientifica e  Instituto Médico Legal.

 A vítima foi identificada pelos peritos, como sendo Vinicius Oliveira dos Santos. Na cena de morte foram recolhidos diversos estojos deflagrados de pistola 9mm.

Informações de populares declararam que logo após os disparos, uma motocicleta teria saído do local em alta velocidade.

Em consulta aos arquivos policiais, consta diversas passagens pela policia, e já teria sido preso na cidade de São Miguel do Iguaçu por trafico de drogas no ano de 2017 e investigado por crime de homicídio no ano de 2018.

Após os procedimentos, o corpo foi encaminhado ao necrotério do IML para os procedimentos.

Fotos: Enrique Alliana