Treze pessoas são presas em Operação contra o tráfico de drogas em São Miguel

Entre os suspeitos, aos menos, sete foram presos em flagrante pelas autoridades policiais

Por Pedro Fontoura 12/06/2019 - 15:49 hs
Foto: PCPR
Treze pessoas são presas em Operação contra o tráfico de drogas em São Miguel
Ação Policial integrada agiu em São Miguel hoje

MASSA NEWS - Da redação | São Miguel do Iguaçu | 

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (12) 13 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão por tráfico de drogas e associação ao tráfico, expedidos pela Vara Criminal de São Miguel do Iguaçu. A Operação conta com o apoio da equipe da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) de Cascavel.

A polícia ainda realiza investigações para cumprir dois mandados de prisão.

As investigações, coordenadas pela Divisão Estadual de Narcóticos e pela Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, duraram aproximadamente três meses e identificaram uma organização criminosa responsável por adquirir drogas na cidade de Foz do Iguaçu e revender em São Miguel do Iguaçu. Nas investigações, sete pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas.

Durante o cumprimento dos mandados em uma residência, foram apreendidos 40 porções de maconha e 4 porções de cocaína, embaladas para a venda, uma balança de precisão e R$ 1.064,00. No local também foram apreendidas uma televisão, um notebook e algumas ferramentas, que são produtos de furto.

Na residência de outro suspeito foram apreendidas 28 porções de cocaína, embaladas para a venda, uma balança de precisão e R$ 930,00. Já em Foz do Iguaçu, 14 buchas de cocaína, embaladas para a venda e 90 gramas de maconha, divididas em diversas porções, embaladas para a venda, foram apreendidas.

Todos os presos foram encaminhados à cadeia pública de São Miguel do Iguaçu.

No total 80 policiais da DENARC (Divisão Estadual de Narcóticos), DCCO (Núcleo da Divisão de Combate à Corrupção), GOA (Grupamento de Operações Aéreas), canil da DENARC e da Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu participaram da operação.

A ação contou com o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário da comarca de São Miguel do Iguaçu.